Com 22 desfalques, Abel tenta montar o Palmeiras para o jogo contra o Goiás

A situação do Palmeiras não está fácil. O time conta com 22 desfalques para encarar o Goiás fora de casa, neste sábado, às 21h (de Brasília), pela 22ª rodada do Brasileirão e o técnico Abel Ferreira agora tenta encontrar a melhor formação para a partida.

Publicidade

Só entre os afastados por COVID-19, o clube conta com 18 atletas (Viña, Alan Empereur, Danilo, Gabriel Silva, Rony, Gabriel Veron, Jailson, Vinicius Silvestre, Kuscevic, Gustavo Scarpa, Quiñonez, Pedro Acácio, Marino, Raphael Veiga, Willian, Aníbal, Breno Lopes e Alan).

Além dos afastados por conta do novo coronavírus, o Verdão ainda contra com as baixas de Felipe Melo (cirurgia no tornozelo esquerdo), Wesley (cirurgia no joelho esquerdo) e Luan Silva (cirurgia no joelho esquerdo) e Zé Rafael (suspenso).

Mas no meio de todas estas baixas, o Palmeiras poderá ter o reforço de Gabriel Menino. O jogador, que havia sido diagnosticado com Covid-19 no dia 11, recebeu autorização da CBF para retornar. Embora não tenha participado do treino desta sexta, ele viaja para Goiânia no sábado, quando será reintegrado ao elenco.

Menino é o segundo caso de atleta recuperado de Covid no Verdão – o primeiro foi o zagueiro Luan. O jogador pode ser escalado na lateral ou no meio de campo. Desta forma, ele pode entrar no lugar de Marcos Rocha ou de Ramires.

Uma provável formação do Verdão: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Esteves; Patrick de Paula, Ramires (Mayke), Gabriel Menino e Lucas Lima; Marcelinho e Luiz Adriano.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo