Com Patrick de Paula afastado por até um mês, Palmeiras jogará clássico sem volantes

Patrick de Paula só deve retornar ao Verdão no início de 2021. Nesta quinta-feira (03), o volante recebeu o diagnóstico de uma lesão muscular na coxa direita, sofrida na goleada por 5 a 0 sobre o Delfín, que classificou o Palmeiras para as quartas de final da Libertadores.

Publicidade

Visto o problema físico ocorrido na quarta-feira, o camisa 5 pode ficar fora de ação por até um mês, o que faria o atleta voltar a campo somente no ano que vem, ficando fora dos jogos da quartas de final da Libertadores e dos jogos da semi-final da Copa do Brasil.

A lesão de Patrick chega em um momento ruim para Abel Ferreira, que não possui meio-campistas com características mais defensivas para o clássico de sábado, às 17h (de Brasília), contra o Santos, na Vila Belmiro, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Apenas Zé Rafael, que inclusive atuou parte do jogo de quarta-feira mais próximo à linha defensiva, está à disposição. Porém, como origem, o camisa 8 possui características mais ofensivas e tem atuado mais como segundo homem de meio-campo com Abel Ferreira.

Para a primeira função, o português perdeu Felipe Melo e agora Patrick de Paula por problemas físicos. Danilo, o substituto direto do capitão, está fora por suspensão, assim como Gabriel Menino, outro atleta que poderia atuar neste setor.

Quem também poderia jogar mais recuado, como um “5”, é Ramires, que entrou em acordo com a diretoria e rescindiu o contrato na semana passada. Abel, portanto, pode recuar Zé Rafael ou até escalar o zagueiro Luan, que atuou como meio-campista por alguns minutos contra o Athletico. Após a vitória contra o Delfín, Abel declarou:

– Vamos ver o meio que vamos construir. Mas quem jogar vai dar o melhor de si para ajudar o time, eles têm tido um rendimento extraordinário. Queria ter mais volantes e meias, mas não temos. Vamos procurar soluções. Jogadores têm boas ideias, recursos, gosto de ouvi-los também. Vamos ser competitivos, independentemente de quem jogar.

O Palmeiras voltou a trabalhar na manhã desta quinta-feira na Academia de Futebol, onde já iniciou a preparação para o confronto do fim de semana contra o Santos. A equipe treina ainda na tarde de sexta-feira, quando encerra a preparação para o jogo no litoral.

Gustavo Scarpa tem concussão

Ao contrário de Patrick de Paula, já desfalque para o confronto do fim de semana, o meia Gustavo Scarpa pode seguir no time para o clássico contra o Santos.

O meia, que acabou substituído ainda no primeiro tempo, teve diagnosticada uma concussão na partida de quarta-feira e seguirá em observação.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo