Galiotte fala sobre possível vinda de Hulk e sobre saídas de jogadores do Palmeiras

Em entrevista ao GloboEsporte.com nesta quinta (27), o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, falou sobre eventuais partidas e chegadas no Verdão. O mandatário que já havia descartado a chegada de Alexandre Pato, comentou outros rumores que envolvem o clube.

Publicidade

Questionado inicialmente sobre Patrick de Paula, Galiotte falou que o Palmeiras recebeu muitas sondagens, não só por Patrick, mas como pelos outros jovens do clube, mas afirmou que o Verdão não recebeu nenhuma proposta oficial e complementou dizendo que não descarta vendas, mas que isso depende de alguns fatores.

“Temos muitas sondagens, especulações, vários clubes demonstrando interesse nos meninos. O que a gente gostaria é de contar com todos no nosso grupo profissional. Em relação a venda ou qualquer outro negócio que possa surgir, tudo vai depender de uma série de fatores. Vai depender de performance, do mercado, da situações que surgirem”.

Com a pandemia de COVID-19, o clube pode ser obrigado a se desfazer de alguns atletas para equilibrar as finanças. Boatos com alguns nomes, como Gustavo Scarpa e Bruno Henrique circularam na imprensa. Sobre outras negociações de compra e venda, Galiotte falou que não falaria de nomes em específico, mas que o Palmeiras avaliaria com muita cautela cada passo dado.

“São diversas situações que envolvem o nosso elenco, mas não vamos tratar de nomes. (…) Vamos estar sempre muito atentos (sobre o oportunidades de mercado), conversando com o departamento de futebol, planejando, entendendo nossas necessidades. Caso o mercado ofereça alguma situação que a gente entenda que seja necessária, vamos buscar com muita cautela e responsabilidade. Mas sempre lembrando que esse ano é diferente. Vai depender muito da situação, das circunstâncias, mas é um ano atípico. Temos que tomar muito cuidado em cada passo que damos”.

Na entrevista o dirigente ainda disse desconhecer um eventual interesse do Grêmio no atacante Willian e também falou sobre uma eventual chegada de Hulk na próxima temporada, que seria o sonho de boa parte da torcida.

“Sonhar não custa. Vamos continuar sonhando com tudo o que possa fazer o Palmeiras ainda maior. Não vamos falar de nomes, mas o Palmeiras protagonista, vencedor e ganhador é o que a gente deseja, é o nosso objetivo. Mas falar de nomes, sobretudo nesse ano atípico e de muitas certezas, acho que não seria certo da minha parte. Não estaria sendo verdadeiro se falasse A, B ou C. O que acontece hoje são os atletas que temos no elenco. Mas sonhar, vamos sonhar sempre, com um Palmeiras maior e mais competitivo”.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo