Joias do Palmeiras valem mais de R$ 300 milhões; multas superam R$ 1 bilhão

Segundo levantamento feito com base nos dados do site Transfermarkt, especializado em negócios do futebol, juntas, as principais revelações do Palmeiras que já estão no profissional têm valor de mercado estimado em R$ 300 milhões, levando em conta a cotação atual da moeda brasileira em relação ao euro.

Publicidade

Foram levantados os dados de Gabriel Veron, Gabriel Menino, Patrick de Paula, Danilo, Wesley, Iván Angulo, Gabriel Silva e Lucas Esteves. Renan, que também faz parte do elenco profissional, não entrou nas estatísticas porque a plataforma não apresenta os seus dados financeiros.

O grande destaque da safra de promessas palmeirenses é Gabriel Veron. Campeão e melhor jogador do Mundial Sub-17 com a seleção brasileira em 2019, o atacante não é somente o mais caro do time alviverde, como também do futebol nacional. Seu valor de mercado atualmente é de 25 milhões de euros (R$ 156 milhões). A multa rescisória, estipulada no novo contrato, assinado em setembro, assim que ele completou 18 anos, é de 60 milhões de euros (R$ 375 milhões, na cotação atual).

Com valor de mercado de 10 milhões de euros (R$ 62 milhões), o polivalente Gabriel Menino é o segundo mais valioso do elenco palmeirense e o sétimo mais caro do futebol nacional. O preço de sua multa é o mesmo de Veron: 60 milhões de euros.

Já Patrick de Paula, de 21 anos, vale 9 milhões de euros (R$ 56 milhões). Olympique de Marselha, Atlético de Madrid e Benfica teriam mostrado interesse no futebol do volante, que tem a multa rescisória mais alta do Palmeiras. A fim de tentar proteger o jogador, de 21 anos, do assédio de gigantes europeus, o clube paulista estipulou multa de 100 milhões de euros (R$ 625 milhões).

Wesley é outra joia cria da base palmeirense que vinha em alta, mas se lesionou. Antes de ter seu menisco operado, o atacante, que só voltará aos gramados na próxima temporada, vinha chamando mais a atenção até que de Veron. Rápido e habilidoso, ele tem um valor de mercado considerado baixo: 2,3 milhões de euros (R$ 14 milhões). O preço, no entanto, deve aumentar, já que o garoto, de 21 anos, tem potencial para evoluir ainda mais. Ele é outro atleta monitorado pelo grupo dono do Manchester City.

Último jovem a se tornar titular, Danilo tomou conta do meio de campo palmeirense após a lesão de Felipe Melo e chama atenção pelo poder de marcação e qualidade no passe. Canhoto, ele também chega à área para finalizar e marcou seu primeiro gol no time principal diante do Delfín. O jovem volante foi comprado do Cajazeiras, da Bahia e em setembro assinou contrato até agosto de 25. Seu valor de mercado ainda é baixo, 900 milhões de euros (R$ 5,6 milhões), mas essas cifras vão aumentar certamente em breve.

Os outros garotos no elenco que podem render uma quantia considerável para o Palmeiras no futuro são Gabriel Silva, Lucas Esteves e Renan, zagueiro que deu conta do recado enquanto os titulares Gómez e Luan estiveram ausentes. Alanzinho, que se recupera de uma grave lesão na perna e estava emprestado ao Guarani, e o colombiano Iván Angulo, hoje no Botafogo, também são cria da base. Juntos, eles são avaliados em 1,9 milhão de euros (R$ 12 milhões).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo