Mancha pede demissão de Luxemburgo e faz lista de dispensa de jogadores do Palmeiras

A Mancha Alvi Verde se pronunciou em suas redes sociais após a derrota do Palmeiras por 2 a 0 contra o São Paulo, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro.

Publicidade

A uniformizada disse que a “paciência acabou” com o trabalho de Luxemburgo, solicitando a saída do treinador, que está no cargo desde o final de 2019.

A Mancha também fez uma lista de dispensas, pedindo a saída de Lucas Lima, Gustavo Scarpa, Raphael Veiga, Zé Rafael, Ramires, Marcos Rocha, Mayke, Rony e Luan.

O presidente do Verdão, Maurício Galiotte, ainda foi chamado de “banana”.

CONFIRA O COMUNICADO COMPLETO

PACIÊNCIA TEM LIMITE E A NOSSA CHEGOU AO FIM

Assim como foi feito com o Roger, Felipão e outros… Demos tempo ao tempo e futebol ao futebol.

LUXA Obrigado pelo Paulistão e a história de um passado vitorioso.

Já era!

Não torcemos contra o Palmeiras para ter razão como alguns, mas amamos ao Palmeiras como poucos e nada e ninguém está acima da Sociedade Esportiva Palmeiras.

✅ Sem padrão de jogo
✅ Sem esquema tático
✅ Sem confiança
✅ Substituições de volante para volante
✅ Insistência em alguns jogadores sem capacidade
✅ Perdeu o vestiário

2021 Começa agora… O que tínhamos que ganhar em 2020 já ganhamos.

Agora é se preparar para a próxima temporada.

Retirar as sequelas que o Mattos deixou:

Lucas Lima, Scarpa, Veiga, Zé Rafael, Ramires, Marcos Rocha, Mayke, Rony e Luan já deram o que tinham que dar. Que sigam o mesmo caminho do Diogo Barbosa e Bruno Henrique.

Outros jogadores mudem a postura ou saiam! De Felipe Mello a Willian, se não tiverem postura, vontade e futebol: fora.

Galiotte,

Graças a Deus seu mandato está chegando ao fim.

Tínhamos tudo para sermos os melhores da América e sua falta de pulso é apenas o reflexo do time em campo.

Culpados temos um monte, mas responsável temos um só.

Postura de um banana traz o efeito de um elenco de frouxo que envergonha a torcida.

FORA, LUXEMBURGO!

Diretoria Mancha Alvi Verde

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo