Palmeiras vacila em lances simples e empata em 2 a 2 com o Sport no Allianz Parque

O Palmeiras recebeu o Sport neste domingo (13) no Allianz Parque visando se aproximar ainda mais do topo da tabela do Campeonato Brasileiro, porém a equipe treinada por Vanderlei Luxemburgo vacilou em momentos chaves do jogo e acabou empatando em 2 a 2 com o time do técnico Jair Ventura.

Publicidade

O time alviverde entrou em campo com um elenco misto, poupando assim alguns jogadores. Os 11 titulares foram: Weverton, Vitor Hugo, Luan, Mayke, Viña, Ramires, Gabriel Menino, Zé Rafael, Lucas Lima, Willian e Wesley.

O Palmeiras começou bem, sufocando o time pernambucano nos primeiros minutos da partida. O jogo caminhava a favor do Verdão, até que aos 10 minutos do primeiro tempo, em um contra ataque rápido, Patric foi derrubado por Wesley dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Na sequência, Iago Maidana bateu no canto direito e abriu o placar para o Sport.

Os comandados de Luxa não se deixaram abater e continuaram jogando de forma ofensiva, buscando o gol. A marcação sob pressão funcionou e aos 29 minutos do primeiro tempo, após recuo ruim de Sander para o goleiro Luan, Willian se antecipou ao arqueiro, limpou a jogada e chutou para marcar o gol de empate do Verdão.

A partida se manteve movimentada, com o Palmeiras à frente das jogadas ofensivas. Numa dessas jogadas, Zé Rafael recebeu um passe de Wesley próximo a meia lua da área do Sport e acertou um belo chute, no ângulo do goleiro Luan, virando o jogo para o time do técnico Vanderlei Luxemburgo.

A situação favorável do Palmeiras melhorou aos 44 minutos da primeira etapa, quando Sander foi expulso após entrada dura em Wesley.

No intervalo, Luxa fez uma alteração dupla na equipe, saíram Wesley e Ramires, para a entrada de Veron e Danilo, respectivamente. O time alviverde se manteve no controle do jogo, tendo chances para ampliar o placar. Todavia aos 13 minutos do segundo, em lance polêmico, Zé Rafael recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

A partir da expulsão do camisa 8, o jogo ficou mais parelho e o Sport se aproveitou um vacilo do zagueiro Luan para empatar o jogo aos 19 minutos da segunda etapa com Lucas Mugni.

Os comandados de Luxemburgo sentiram o gol e o rendimento do time caiu. Aos 26 minutos do segundo tempo, o treinador fez mais duas mudanças, saíram Mayke e Lucas Lima para a entrada de Bruno Henrique e Gabriel Silva.

As alterações não melhoram o desempenho do time e o jogo continuou truncado. Aos 34, após Gabriel Menino, que estava atuando na lateral-direita, torcer o tornozelo, Luxa colocou Marcos Rocha na partida.

O jogo continuou sem grandes emoções até os 47 minutos, quando Willian recebeu um bom lançamento de Marcos Rocha, deslocou o goleiro Luan com um toque de cabeça e errou a finalização. Neste lance, Gabriel Veron acompanhava o camisa 29 e estava livre, podendo ser uma alternativa muito melhor para a finalização da jogada.

Por fim, o jogo terminou com a igualdade em 2 a 2 e o Palmeiras perdeu a oportunidade de encostar ainda mais no líder Internacional, que havia perdido para o Goiás nesta rodada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo