Eventual premiação do título Paulista pode ajudar o Palmeiras à equilibrar as contas

É fato que com a pandemia de COVID-19 os clubes estão sofrendo baixas severas na arrecadação. Além da ausência de torcida, a redução drástica dos programas de sócio torcedor também afetam diretamente os clubes.

Publicidade

Para o Palmeiras, em 2019, a receita vinda da arrecadação de jogos foi de R$ 61,7 milhões e o programa de sócio-torcedor Avanti representou mais R$ 46 milhões. Sendo assim, os dois juntos somaram R$ 107,7 milhões, ou seja, quase 17% do total que o clube arrecadou em 2019 (R$ 641,9 milhões),

Não dá pra negar que a ausência destas receitas gerará um impacto expressivo nas finanças do clube. Desta forma, caso vença o Campeonato Paulista, a premiação da competição pode ser um refresco no meio disso tudo. Embora modesta, o prêmio para o Campeão Paulista é de R$ 5 milhões, sendo que o vice-campeão receberá R$ 1,65 milhão. 

Vale lembrar que para mitigar o impacto do coronavírus o time negociou Dudu, até então o seu principal jogador. Além das receitas oriundas da negociação, o clube também aliviou a sua folha salarial, pois o antigo camisa 7 era o maior salário do elenco.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo