Se tivesse contratado Sampaoli, Verdão gastaria R$ 13 milhões a mais no ano da pandemia

Caso tivesse seguido com a contratação de Jorge Sampaoli, o Palmeiras poderia ter um gasto de até R$ 13 milhões a mais em 2020. O Alviverde negociou com o argentino, que tinha deixado o Santos após o término do Brasileirão. A pedida era de 4,5 milhões de euros (R$ 20,44 milhões na cotação da época) por toda a temporada, incluindo comissão técnica.

Publicidade

Embora tenha uma situação financeira estável, o Palmeiras não quis fazer a alta aposta no treinador estrangeiro e seguiu com a contrtação de Luxemburgo.

O treinador recebe um salário mais de duas vezes menor do que Sampaoli e os valores gastos com os demais integrantes da comissão técnica brasileira também são mais baixos quando comparados aos dos estrangeiros.

É importante lembrar que com Sampaoli, o Palmeiras também teria gastos com passagens aéreas para o treinador visitar os familiares, além de um percentual em conquistas do realizadas.

Após não ter sucesso na negociação com o Palmeiras, o treinador acabou acertando com o Atlético-MG. Hoje Sampaoli recebe salário de R$ 1,2 milhão. O clube mineiro arca com R$ 500 mil e o restante é pago pela MRV Engenharia, patrocinadora master do Atlético.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo