Veja o motivo do Palmeiras escolher Miguel Ángel Ramírez em vez de Gabriel Heinze

A situação do Palmeiras não é das melhores. Ontem (18), time perdeu a quarta partida seguida, o que não acontecia no Brasileirão desde 2014. Uma resposta para a torcida pode ser dada ainda hoje, com a possível contratação do espanhol Miguel Angel Ramírez.

Publicidade

O Independiente del Valle sabe do contato do Verdão com o treinador e o próprio Ramírez já encaminhou o acerto. Segundo os bastidores, caso a negociação se concretize, o técnico vai ganhar mais do que recebe no clube do Equador e menos do que recebia Luxa.

Desde o início do processo, após a saída de Vanderlei Luxemburgo, a opção do Palmeiras era por Ramírez, por sua história de trabalhar com jogadores jovens. Saiu da Espanha e veio à América do Sul para ser técnico das divisões de formação do Independiente del Valle.

O Palmeiras pretende ser uma nova escola de jogadores jovens e hoje tem onze atletas, num elenco de 28, que vieram da base.

A escolha por Ramírez, em vez do argentino Gabriel Heinze, pedido pela torcida na semana passada, deve-se também ao entendimento de que o ex-treinador do Velez Sarsfield pediria muitos reforços, como fez Jorge Sampaoli no Atlético. O relacionamento com Heinze também não é simples, como disseram dirigentes do Velez depois de sua saída.

O entendimento da diretoria é que Ramírez é uma boa escolha. Com respaldo, pode fazer o Palmeiras jogar um futebol ofensivo e moderno. Lembrando que a Academia, em 1965, foi criada por um técnico estrangeiro, o argentino Filpo Nuñez.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo